Corpo é encontrado em estrada e polícia investiga relação com morte de grávida

Moradores de uma área rural de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, encontraram o corpo de um homem na manhã desta sexta-feira (9). O cadáver estava na Estrada da Faxina, no bairro Taquaral, e ainda não foi identificado oficialmente.

De acordo com a Polícia Militar, as pessoas que encontraram o corpo do homem apontaram para a existência de muito sangue e cartuchos de arma de fogo perto do corpo. Os policiais confirmaram que a vítima já não tinha mais sinais vitais e apontaram que o rapaz foi morto com um tiro no rosto, possivelmente de uma espingarda.

O homem tem aproximadamente 35 anos e ainda não foi identificado oficialmente. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

O delegado responsável pela investigação dos dois casos, Haroldo Davison, “não podemos descartar a possibilidade de que essa pessoa executada tenha algum envolvimento”.

Ele lembra que o homem ainda não foi identificado oficialmente. “Ele pode ser um aviãozinho dela, ou seja, uma das pessoas que faz a venda da droga que ela comercializava, ou então alguma participação na execução”, explica.

Morte de grávida em Balsa Nova

Existe a suspeita de que o cadáver encontrado durante a manhã possa ter alguma relação com o assassinato de Hevelyn Ferraz, de 24 anos. A jovem estava grávida de sete meses e foi morta com mais de 20 tiros na noite de quinta-feira (8) na cidade de Balsa Nova, perto do local onde o corpo do homem foi encontrado pela manhã.

Testemunhas disseram que pelo menos quatro homens invadiram a casa onde a vítima estava e atiraram várias vezes. Outras duas amigas de Hevelyn estavam na casa, mas ninguém se feriu.

O companheiro de Hevelyn está preso e a jovem tinha um antecedente criminal, mas ainda não há informações sobre a autoria ou motivação para o crime.