Em Maringá, 38 pessoas são autuadas por descumprirem toque de recolher

O Grupo de Gestão Integrada (GGI) da Prefeitura de Maringá, com apoio da Polícia Militar, flagrou na noite de sexta-feira (18) um bar e uma festa clandestina. As atividades descumpriram o decreto municipal em prevenção ao coronavirus. Além disso, 38 pessoas foram autuadas por não seguirem o toque de recolher.

Na avenida Alexandre Rasgulaeff, um bar que já tem oito denúncias da comunidade, registradas desde maio do ano passado na Ouvidoria Municipal, estava irregular. O local estava atendendo durante o toque de recolher e haviam três mesas com clientes consumindo.

O gerente do bar tentou dizer que os clientes eram funcionários. As pessoas que estavam no local tentaram sair mesmo com orientação dos fiscais e policiais para permanecerem no estabelecimento. Foi preciso colocar as viaturas do GGI na frente dos veículos dos clientes para que não fugissem da vistoria e abordagem.

Foi chamado reforço da Guarda Municipal e da PM Choque. Mesmo com a chegada do reforço, as pessoas continuaram a dizer que não tinham documentos e não sabiam o endereço onde moravam. Alguns chegaram a rir e debochar da situação, fotografar e filmar na tentativa de inibir a ação. 

Informações da Prefeitura de Maringá