Clubes russos recorrem ao TAS para disputarem torneios europeus

Os quatro primeiros colocados do Campeonato Russo, Zenit, Dínamo de Moscou, Sochi e CSKA, respectivamente, apresentaram nesta sexta-feira (13) um recurso ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) em oposição à decisão da Uefa de proibir os times do país de participarem de torneios continentais da próxima temporada devido à invasão da Rússia à Ucrânia.

“Informamos que o nosso clube, assim como outros três – Zenit, Dínamo (de Moscou) e Sochi – interpuseram recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) contra a decisão da Uefa de 2 de maio de 2022 de afastar os clubes russos das competições europeias. Todos os clubes solicitaram uma análise rápida da reclamação”, argumentou a direção do CSKA, em comunicado.

“Esperamos que o princípio esportivo seja respeitado. O CSKA esforça-se para jogar nas competições europeias e lutará pelos lugares altos no campeonato até o final. A apresentação de uma reclamação antes do final da temporada está associada a prazos para recorrer de certas decisões da UEFA – 10 dias corridos”, complementou o clube russo.

A Uefa já havia decidido banir a seleção russa das Eliminatórias da Copa deste ano, impedindo, consequentemente, a participação da mesma no Mundial do Catar. Até o momento, a Rússia não obteve sucesso em nenhum apelo ao TAS.  

Informações do SBT Sports.