Em Foz do Iguaçu, aconteceram 403 ações para verificar cumprimento do toque de recolher

Na noite de terça-feira (16), a Prefeitura de Foz do Iguaçu fez 403 vistorias para verificar o cumprimento do toque de recolher, estabelecido entre às 20h e às 5h, de acordo com os decretos municipal e estadual em vigor.

Durante as fiscalizações, feitas pela Secretaria Municipal da Fazenda e Vigilância Sanitária, foram aplicadas 12 multas pelo descumprimento das medidas. 

Segundo o diretor de Fiscalização, Nilton Zambotto, os agentes vistoriaram pontos estratégicos onde a circulação de pessoas e veículos é mais frequente. “É preciso respeitar o horário estipulado pelo decreto e, assim, contribuir para diminuir a propagação do vírus pela cidade. As equipes mantêm a fiscalização em todas as regiões da cidade”, afirma. 

Barreiras sanitárias 

Até a próxima segunda-feira (22), agentes do Foztrans e da Guarda Municipal também estarão em postos de fiscalização na região da Ponte da Amizade para controlar a entrada de motoristas com veículos de placas estrangeiras. Os condutores deverão apresentar o teste RT-PCR negativo, feito em até 72 horas. A medida atende ao novo decreto municipal. A concentração é feita na Avenida Juscelino Kubistchek, próximo ao viaduto. 

Ambulâncias transportando pacientes do exterior, sem a comprovação de encaminhamento para unidade hospitalar, serão proibidas de entrar no município. O transporte ilegal de estrangeiros que chegam em Foz do Iguaçu buscar atendimento, contribuiu para sobrecarregar o sistema de saúde da cidade, que há mais de três semanas está com as UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) com 100% de ocupação.

Para as pessoas que trabalham ou estudam no Paraguai, não será exigido a apresentação do teste, desde que comprovadas as atividades. Para motoristas de mototáxi, táxis, vans e veículos por aplicativos, o exame também não será obrigatório, devendo ser apresentado apenas pelos passageiros.

Colaboração Prefeitura de Foz do Iguaçu