Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
18ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Buscas por corpo de Mariza continuam; mulher foi morta a facadas pelo ex-amante

Redação

Redação

As equipes da Polícia Civil e da Polícia Científica se deslocaram na tarde desta sexta-feira (7) até o local onde estaria o corpo de Mariza, em um terreno de Bocaiúva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, para confirmar a informação de Sérgio Correia, ex-amante da vítima.

Foto: Kostin Jr. | Rede Massa

Sérgio assumiu, nesta sexta-feira, que matou Mariza a facadas e jogou o corpo em uma região de mata em Bocaiúva do Sul. A mulher está desaparecida desde a noite de 30 de setembro.

Após a confissão do homem, foi montada uma força-tarefa para encontrar o corpo de Mariza. Diversas equipes de segurança se dividiram nas buscas, incluindo a família da vítima.

O ex-amante de Mariza afirmou ter abandonado o corpo no matagal sem a ajuda de ninguém, de acordo com a advogada. A polícia desconfia desta informação, já que após várias horas de buscas, nada foi encontrado durante a tarde.

No fim da tarde as buscas foram retomadas, porém, até o final da noite, o corpo de Mariza não havia sido encontrado.

No dia do desaparecimento, imagens de câmera de monitoramento de uma empresa próxima de um ponto de ônibus mostram que Mariza está andando na rua quando um carro preto se aproxima. Ela para, conversa com o motorista e entra no veículo. As investigações apontaram que seria o carro de Sérgio.

Porém, em um primeiro depoimento, o homem negou que fosse ele. Ele também afirmou que havia vendido o automóvel no dia 3 de outubro, o que a polícia já declarou ter sido uma informação falsa.

No entanto, na manhã desta sexta, ele confessou que Mariza entrou no carro dele no dia do desaparecimento. Ele alegou que levou a mulher para o hospital de Bocaiúva para fazer exames. Uma testemunha revelou que viu os dois em uma lanchonete no município. Eles teriam ficado no local até às 22 horas. A polícia também verificou que o carro passou em radares na região por volta das 4 horas da madrugada.

Após a declaração de Sérgio, a polícia encontrou o veículo no limite dos municípios de Pinhais e São José dos Pinhais.

O homem está internado no Hospital Cajuru depois de ser baleado na quinta-feira (6) em Curitiba – ele ficou quase 24 horas escondido em uma cava e, em um primeiro momento, disse que tinha sido assaltado, mas a polícia ainda não confirma essa informação.

Sobre o caso

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia